Resenha do Livro: O Caderninho de Desafios de Dash & Lily

img_2592d
Título: O Caderninho de Desafios de Dash e Lily
Autores: David Levithan e Rachel Cohn
Editora: Galera Record
Ano: 2016
Páginas: 255
Em “O Caderninho de Desafios de Dash & Lily” acompanhamos essa dupla (Dash e Lyli haha) em uma história um tanto diferente!
Já era esse negócio de conhecer pessoas por meio da internet, o “cool” agora é fazer um caderninho de desafios e esconder na livraria mais caótica da cidade de NY para possivelmente algum dia o seu par perfeito encontrar haha (sério, amei). E foi isso que o irmão de Lily fez.
Lily ama (ama mesmo, muito!) o natal, e jamais ia imaginar que essa brincadeira resultaria em algo, muito menos que isso aconteceria na sua época preferida do ano! E Dash é o garoto que encontra o caderninho.
A partir daí ele aceita os desafios e decide também desafia-la. Os dois então começam uma espécie de jogo e por meio desses desafios vão se conhecendo cada vez mais.

img_2600s

Eu sinceramente amei a história inicial, além de também amar o natal (tanto quanto a Lily!) e confesso que estava muito ansiosa pra saber como funcionavam esses desafios, afinal a cidade não é pequena, certo? Haha Mas o que realmente me fez decidir comprar o livro foi definitivamente a quantidade de críticas positivas que ouvi sobre ele e, é claro, a capa. Por motivos óbvios (maravilhosa!).
Só que infelizmente me decepcionei um pouco com o enredo em geral. A trama proposta é ótima e achei que terminaria o livro super rápido, até porque ele é relativamente pequeno. Mas aconteceu o contrário. Tive uma leitura arrastada e demorei o triplo do tempo que imaginei para termina-lo. A narrativa, pra mim, foi muito cansativa. Vez ou outra a quantidade de detalhes poderia ser significativamente diminuída e tive que reler algumas partes várias vezes na tentativa de aumentar a concentração na leitura, porque realmente não consegui “entrar” na história. Acredito que por ser um romance adolescente, por mais que tenha seus momentos reflexivos e alguns bem engraçados, a história ficou bastante sutil, o que não me provocou muitas emoções.
Mas, por outro lado, posso acrescentar que esse romance não é nada “meloso” (ainda bem!).
Por fim,  entendi que o livro não conseguiu me prender porque não me despertou nenhum sentimento com relação aos personagens. Achei um livro leve, fofo e “bonitinho”, com algumas partes bem interessantes no que diz respeito à reflexão, principalmente quanto ao Dash, que é um rapaz bastante maduro pra idade dele haha.
Então não foi de todo ruim, foi uma leitura “ok”, só não seria um livro que eu indicaria.
Youtube | Instagram | Twitter | WeHeartit | Skoob | Pinterest |Facebook
Anúncios

Comente aqui!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s